Os sinais vitais da sua empresa

  • Home
contabilidade organizada margem sul

Parte II – O que é que os sinais vitais da sua empresa lhe dizem?

Claro, se tiver contabilidade organizada com um escritório de contabilidade que lhe faculta acesso em tempo útil aos sinais vitais da sua empresa, deve dar especial atenção a alguns KPIs (Indicadores de Performance) muito importantes. Aqui ficam algumas dicas para si:

Fluxos de caixa – Os principais fatores que contribuem para dificuldades nos fluxos de caixa da sua empresa são os seguintes:

– Atraso nos pagamentos dos seus clientes;

– Condições de pagamento a fornecedores em termos desfavoráveis para a empresa;

– Margens brutas, de venda dos produtos ou serviços, muito baixas;

– Stocks com valor investido desproporcionado com uma taxa de rotatividade muito baixa;

– Estrutura de custos fixos demasiado elevada para as vendas realizadas;

– Entre outros a analisar caso a caso.

Muitas empresas, apesar de terem sido constituídas com uma ideia de negócio muito promissora, falham rotundamente por falta de dinheiro para fazer face aos investimentos e/ou aos custos correntes da sua atividade.

Este indicador é um entre vários muito importante para a saúde financeira da sua empresa.

Stocks demasiado elevados – Qual é a medida do indicador do valor que tem em stock? Controlar cuidadosamente o volume/valor dos artigos que tem em stock é muito importante para a saúde financeira da sua empresa. É ainda mais importante nos artigos com prazos de validade reduzidos. Sabe qual é o valor deste KPI na sua empresa?

Uma coisa é certa, quanto mais rápida for a rotação do seu stock menor será o investimento necessário.

Pagamentos a fornecedores a crescer – Os pagamentos a fornecedores resultam das compras feitas a crédito dos produtos que vende ou dos serviços que contrata.

 É fundamental um histórico de cumprimento dos compromissos que a sua empresa assumiu com os seus fornecedores. Além de garantir o aprofundamento da parceria é um fator de credibilidade muito importante para o seu negócio.

Os compromissos com os seus fornecedores devem refletir as práticas no seu setor de atividade e devem ter em linha de conta os prazos médios de recebimentos dos seus clientes. É claro que, se a componente de vendas a crédito no seu negócio é muito reduzida, isso garante-lhe uma maior margem de manobra e um cumprimento rigoroso dos seus compromissos que, só não ocorrerá, nos casos em que a organização das contas a pagar é deficiente.

Lucro/Prejuízos – Sabe como estão os resultados da sua empresa em tempo útil?

O objetivo de uma empresa é o de obter lucro.

Sem lucro não pode haver investimento que garante melhores condições de trabalho, que garante equipamentos e sistemas mais evoluídos, que garante melhorias dos rácios de produtividade.

Sem lucro não pode melhorar as condições dos seus trabalhadores, a grande maioria dos empresários, que investem nas suas micro, pequenas e médias empresas, incluídos.

Sem lucro a sua empresa morre.

Se as suas receitas são inferiores às suas despesas então existe um problema sério que deve ser enfrentado rapidamente. As margens brutas dos produtos ou serviços que vende têm de ser analisadas para poder determinar as medidas concretas a tomar. Os seus custos operacionais, de estrutura devem ser também vistos à lupa para perceber se estão sobredimensionados.

A contabilidade organizada pela G-Finance dá-lhe acesso aos indicadores necessários para uma gestão avançada da sua empresa.